terça-feira, 30 de outubro de 2007

Para onde vai a Taça?

Essa é a nova polêmica. A Taça da Copa União - famosa por ter aquelas bolinhas em cima - se encontra na Caixa Econômica Federal. O primeiro time que ganhasse o campeonato por 3 vezes seguidas ou 5 alternadas, ficaria de posse definitiva do troféu.

Com o iminente penta Tricolor, se estabeleceu a Polêmica, quem vai ficar com a Taça?

Para entender ao caso, recorro ao melhor jornalista esportivo da atualidade, Paulo Vinícius Coelho. Com a palavra, PVC:

A história começa em 1986.

Até aquele ano, os campeonatos estaduais eram classificatórios para o Brasileiro. Os seis primeiros de São Paulo, os cinco primeiros do Rio, os dois melhores do Mineiro, do Gaúcho, do Pernambucano, os campeões estaduais de outros estados se classificavam.

Assim, entre 1980 e 1986, o Brasileirão teve 40 clubes na primeira divisão (Taça de Ouro, Copa Brasil) e quatro que se classificavam do torneio de acesso (Taça de Prata, Torneio Paralelo, nome oferecido em 1986).

Em 1986, a CBF prometeu mudar o sistema e criar, para 1987, a Primeira Divisão do Campeonato Brasileiro. Os 24 melhores de 1986 formariam a Série A do ano seguinte.

Terminado o campeonato, a CBF mudou de idéia. Primeiro, afirmou que não tinha condição financeira de promover o torneio. Foi quando os grandes se rebelaram e fizeram o movimento que criou o Clube Dos Treze. Os fundadores (Flamengo, Fluminense, Vasco, Botafogo, Corinthians, Palmeiras, São Paulo, Santos, Grêmio, Internacional, Atlético Mineiro, Cruzeiro e Bahia) anunciaram que disputariam um campeonato próprio, organizado por eles mesmos.

A CBF, então, se mobilizou e anunciou que faria o campeonato com 40 clubes. Os grandes fizeram uma composição com a CBF, mas criaram a Copa União, com a participação, também, de Santa Cruz, Goiás e Coritiba. A CBF criou o regulamento, que previa o cruzamento de campeão e vice do Módulo Verde (Copa União) com campeão e vice do Módulo amarelo (a suposta segunda divisão).

O Clube dos 13 dizia que não disputaria o cruzamento, a CBF dizia que haveria o cruzamento. Nesse ínterim, o Brasil inteiro assistiu à Copa União como o Campeonato Brasileiro, sem dar muita atenção ao que aconteceria no final do ano. A TV Globo transmitia para o Brasil inteiro, um jogo por rodada sorteado quinze minutos antes da partida começar, às 17h do domingo. Pernambuco também vivia assim, porque acompanhava o Santa Cruz no torneio.

E assim o Flamengo venceu o Brasileirão, a Copa União, em 13 de dezembro de 1987. No mesmo dia, o presidente do Flamengo, Márcio Braga, um dos líderes da criação do Clube dos Treze, reafirmou que não haveria cruzamento.

Enquanto isso, no mesmo dia, Guarani e Sport se classificaram para a decisão do Módulo Amarelo, decidido nos pênaltis. O empate persistiu tanto que ao chegar aos 11 x 11, nas cobranças de pênalti, os dois presidentes decidiram que o torneio terminaria empatado. Sport e Guarani foram proclamados campeões empatados do Módulo Amarelo pela CBF. Tinham a perspectiva de disputar o cruzamento com Inter e Flamengo.

No início de 1988, a CBF fez a tabela. Sport e Guarani entravam em campo nas partidas marcadas contra Inter e Flamengo. Sem adversário, eram proclamados vencedores por W.O. Na decisão do “Campeonato Brasileiro”, o Sport enfrentou o Guarani, empatou o jogo de ida por 1 x 1, em Campinas, venceu no Recife por 1 x 0, gol do zagueiro Marco Antônio. A CBF proclamou o Sport campeão brasileiro de 1987.

Agora vai minha opinião:

Flamengo campeão legítimo de 1987, porque o Brasil inteiro acompanhou a Copa União como o Campeonato Brasileiro.

O Sport não pode ser descartado, porque é oficial.

E eu preciso contar a história inteira. Por isso, embora eu julgue o Flamengo o campeão legítimo, quando me perguntam, digo: Flamengo e Sport são campeões de 1987. É o único jeito de alimentar a curiosidade e contar a história inteira, como todo mundo merece saber.

-----------------

A Taça é, por direito, do Flamengo. Nenhum dos 13 clubes, disputariam o cruzamento. Mas, como são Clubes que estão, quase sempre juntos, e já que tudo começou por uma bagunça da CBF, a entidade poderia mandar fazer uma réplica, entregando assim uma cópia pra cada um dos times.

2 comentários:

Anônimo disse...

Una gran felicidad aguarda para los Argentinos que van la ganhar copa del mundo 2014 em brazil.
Brazucas preparen mucho bien la copa de 2014, para que nosotros vamos la triunfar en sus campos y hacer usted calar boquita con nuestro gran triunfo.
La verdad acá no sabiemos si brasileños teran tamanã condición de hacer la copa de 2014 devido la gran violência que es brazil y falta de condición física de sus estruturas que son muy precárias de um país muy pobre. Más si for realizar de verdad Ya estoy juntando plata para ir…ojala les cagemos el mundial a los brazucas, que lo organizan para ganarlo
Brazucas Imaginense que se cruzan Brasil y Uruguay en esa copa…mamita, lo que va a hacer ese partido….
Lula prometio que va a dejar de tomar whisky y que con el dinero que se ahorren con esa medida construiran un nuevo estadio; asimismo, partes de las ganancias del mundial seran destinadas para financiar un transplante de lengua para Pele, porque parece que la lengua de Pele esta demasiado gastada de tanto chupar ortos…
Saludo
Esteban Crutille
cordoba

Garcia disse...

Fala cara, blz???

Há quanto tempo eu não comento aqui, risos...

Só que dessa vez eu não pude me abster. Eu considero o Flamengo campeão de 1987? Sim, considero...

Só que campeão a taça são dois assuntos diferentes...

A taça foi feita pela CBF, logo, é ela quem define quais são os critérios para quem deterá os direitos sobre ela.

Ser considerado campeão é uma coisa, agora... querer a taça por ter vencido um torneio contra as regras da CBF... não, aí não...