terça-feira, 30 de janeiro de 2007

Muricy e a dificuldade do São Paulo

Conversei com Muricy Ramalho na noite de ontem. Minha admiração por ele cresce cada vez mais. Ele tem se aprimorado muito taticamente e tecnicamente. E muito rápido.

Conversamos sobre o São Paulo. E uma frase que ele me disse e que me impressionou foi: "Com esse elenco, será muito difícil ganhar esse ano. Tanto Libertadores quanto Brasileiro. Precisamos de mais jogadores, no mínimo 25. Hoje temos 23 e 2 estão machucados." Quando eu lia isso, achava que era só uma forma dele pressionar a diretoria para contratar reforços. Ontem vi que ele tem certeza do que fala.

E listou alguns pontos:

O Josué está roubando muito mais bolas e fazendo mais faltas, estamos em janeiro e, daqui a pouco, os músculos dele irão estourar. Mas o São Paulo não precisa só de 1 volante, e sim de 2, 1 para a reserva. Esse time é mais leve que o do ano passado, mais técnico. Ele falou que o Tricolor foi atrás do Íbson (ex-Flamengo, atualmente no Porto), mas os portugueses nem abriram negociação. "Eu, o Tata e o Milton Cruz estamos correndo atrás de jogadores, mas está difícil achar."

O time não tem muitas opções para variar o jogo, tanto que teve que voltar a jogar no 3-5-2. "Qualquer lesão ou cartão nos atrapalha muito."

Sobre jogar com um losango no meio, formado por Josué, Souza, Júnior e Hugo, ele disse que é uma opção, mas que o Júnior não se sente muito bem ali.

Ele disse que, se até o dia 12 não vier ninguém, terá que subir alguém dos juniores. Perguntei sobre o Serginho, o jogador que mais me agradou no São Paulo e que, para mim, tem um estilo que se assemelha ao do Mineiro. Ele disse: É um bom volante, sabe marcar e sair para o jogo, tem uma chegada boa. Mas aí tem um problema, o garoto tem só 18 anos. E é meu trabalho pensar em como ele reagiria ao entrar no Morumbi com 70 mil para enfrentar o Boca pela Libertadores. Ele é bom jogador, mas foi bem na Copinha, na Copinha! Tenho que pensar assim, até para não queimá-lo."

Eu disse para ele que, acho que no Campeonato Brasileiro, ele terá um bom time, com tudo para ser campeão, e que o problema é a Libertadores, desejo de todos os são-paulinos como ele, e o Muricy foi enfático: "Com esse time, será díficil"!

A impressão que eu tenho é que, cedo ou tarde, ele vai arrumar o time. E que, para o Brasileiro, o time brigará diretamente pelo Penta. Mas a Libertadores não costuma perdoar atrasos na formação de times, ou seja, ele terá muito trabalho.

2 comentários:

Fernando Galvão disse...

O Josué vai morrer em campo já já... não a toa tem sido o de maior número de faltas nos últimos jogos esse ano.

Anônimo disse...

O São Paulo sabe que não tem time para Libertadores. o Inter tá fazendo um pré-temporada com planejamento e contratando com análise. Um aviso o Jorge Wagner, pipoca em horas de decisão, amarelou no jogo contra o Boca pela Sulamericana em 2005, nenhum colorado tem saudade dele, tanto que não jogou nada no Bettis. Um abraço ao nosso goleiro Rogério Ceni, seu pai agradeceu o título da libertadores pro Inter. Agora o São Paulo vai ter que encarar o Boca, o River, todos times gaúchos de coração e garra.