domingo, 4 de março de 2007

Stevie Wonder enxerga mais que o Leão

Até um cego consegue ver que o Corinthians não tem padrão tático. A zaga é lenta, quando Betão joga, tem uma qualidade maior, mas ele tem ficado muito exposto e por isso, tem sido expulso (3 em 11 jogos).

Os volantes têm que marcar e armar. Uma revolução no futebol! O time, além de tudo, está fraco física e psicologicamente.

Na coletiva, Leão falou de tudo, menos da péssima atuação do time. No segundo tempo, perdendo por 2 x 0, tirou Daniel e colocou Willian. Lançando todos ao ataque e deixando Marinho e Gustavo para cuidar de Osmar, o único atacante verde. Mas, mesmo assim, os dois não conseguem acompanhar. Falta preparo ao time. Em todos os aspectos, em todas as diretrizes.

Vamos falar do Palmeiras. Edmundo e Valdívia estiveram muito bem. David também fez ótima partida. Pierre e Francis deram a sustentação necessária para que o time saísse para o jogo.

Pierre marcava Magrão e Francis pegava um dos atacantes do Corinthians.

O Palmeiras pode vir a ser um bom time. O que falta é confiança. Isso só vem com vitórias, é um círculo vicioso. A cada vez que você vence, tem mais confiança para jogar melhor, o que aumenta em muito a possibilidade de vencer mais partidas e consequentemente, de jogar melhor.

O Palmeiras dá esperança a seu torcedor, o Corinthians não.

2 comentários:

Luis Fillipe disse...

http://www.futebolcoisaetal.blogspot.com/

Ruben Dantas disse...

O Leão é um bom treinador, mas há alguns jogos, só vem fazendo caga. Ele tem que deixar de ser tão autoritário e sem-educação também. O problema é que, segundo o Marcelinho carioca, a multa recisória dele é de 9 milhões.